Vila Verde conquista 1º Prémio Nacional de Educação

O Município de Vila Verde acaba de receber o 1º Prémio Nacional de Educação, na categoria Formação Profissional. Este prémio foi atribuído pelo júri do projecto “Prémios de Reconhecimento à Educação 2012", no âmbito da realização do “Fórum Escolas para o Século XXI”.



«Esta é mais uma confirmação de que estamos no bom caminho e de que – tal como tenho afirmado – Vila Verde está na primeira linha do ensino de excelência, pelas condições físicas criadas e pela qualidade da classe dirigente e docente e mesmo da formação ministrada», sustenta o Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, realçando «o papel de todos os agentes educativos do Concelho, dos técnicos municipais aos docentes e mesmo do pessoal não docente».

O Município de Vila Verde aparece, assim, destacado no plano nacional de entre os concelhos que oferecem melhores condições de ensino, vendo o seu esforço dos últimos anos premiado com um 1º lugar na categoria “Formação Profissional”, distinguindo o trabalho realizado no âmbito do projecto “A Função da Educação – Desafio, oportunidade, missão!”, que envolveu a comunidade educativa concelhia (ver caixa). 

Os “Prémios de Reconhecimento à Educação”, da responsabilidade conjunta das instituições de consultadoria e formação Profissional Groupvision, através da iniciativa “Ensino do Futuro” e da SINASE. Visam distinguir e galardoar entidades educativas e formativas cuja actuação se destacou ao nível do contributo que prestaram junto e para a comunidade educativa, nomeadamente ao nível do ensino regular e de situações de envolvimento da comunidade alargada ao contexto escolar.



Vila Verde em destaque

Entre as oito categorias premiadas, Vila Verde surge destacado com o 1º prémio na categoria Formação Profissional, que visa distinguir casos de formação inovadores e de sucesso, que levem a uma boa integração na vida activa.

Neste particular, o projecto – implementado em 2011 – nasceu da constatação do grande défice de competências de alguns profissionais na área de educação, nomeadamente os monitores da componente de apoio à família (CAF), pessoal contratado pelas juntas de freguesia no âmbito do exercício de uma competência delegada pela Câmara Municipal de Vila Verde.

Esta iniciativa foi definida como um objectivo do Sistema Integrado de Gestão e de Avaliação do Desempenho da Administração Pública (SIADAP) pela Divisão de Recursos Humanos da Câmara Municipal de Vila Verde, em parceria com outras unidades orgânicas do Município de Vila Verde.

As entidades externas que colaboraram neste projecto foram a DREN - Direcção Regional de Educação do Norte; Agrupamento de Centros de Saúde Cávado II - Gerês/Cabreira; Agrupamento de Escolas de Prado; e, Associação de Pais do Agrupamento de Escolas de Vila Verde. 

Exemplo de ensino de qualidade

O Município de Vila Verde surge, mais uma vez, destacado no plano nacional pela positiva. «É gratificante ver reconhecido o esforço que temos feito para melhorar a qualidade do ensino/educação/formação no Concelho», assinala o Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, que começa por destacar «o envolvimento de todos os agentes educativos neste processo. Neste caso particular, deixo, de resto, uma palavra especial para os técnicos do Município e às Divisões de Recursos Humanos e de Educação, que foram intervenientes directos numa acção de valorização da acção educativa no Concelho».

O edil vilaverdense assinala que «esta é mais uma etapa da “empreitada” enorme que lançamos em torno do objectivo “Educação para o Futuro”, educação de qualidade, educação de excelência. São notórios os resultados positivos na melhoria do Parque Escolar, com a melhoria geral de todos os edifícios escolares, a construção de novos Centros Escolares e a qualificação com novas ferramentas tecnológicas à disposição de dirigentes, professores e alunos; em suma, de toda a comunidade educativa».

E vais mais longe: «Vila Verde deu o “salto qualitativo” sem paralelo nos últimos anos a nível educativo. Dispomos de um parque escolar qualificado, de uma classe docente bem preparada e com instrumentos capazes de ministrar mais e melhor educação, alunos com ferramentas capazes de ter sucesso nos desafios de hoje e do futuro. Estamos claramente na primeira linha a nível nacional», sustenta o Dr. António Vilela.

PROJECTO - “A Função da Educação – Desafio, oportunidade, missão!”

Este projeto foi pensado e criado para o Município de Vila Verde pelos seus colaboradores e decorreu na instalações do município, com exceção das aulas de informática que decorreram na Escola Profissional Amar Terra Verde, em Vila Verde.

A Divisão de Recursos Humanos surge como mentora do projeto, a que se associaram, inevitavelmente, a Divisão de Educação e Promoção Social e a Unidade de Sistemas de Informação e Qualidade.

Significa isto que, quer na fase da conceção, quer na fase de operacionalização, não houve externalização de qualquer serviço.

Esta formação permitiu, ainda, a promoção de talentos internos, isto é, do próprio município, na área da educação, da informática e de primeiros socorros, bem como sinergias internas.

Quanto às demais áreas, tal como assinalámos, foram cobertas através de parcerias, graças ao carácter inovador do projeto, quer pela singularidade do público alvo, quer pela origem das parcerias.

Tratou-se de uma iniciativa assaz inovadora, porquanto, conseguiu juntar áreas importantes na comunidade educativa: tutela, município, juntas de freguesia, agrupamento de escolas, associação de pais e saúde.

Aliás, foi, precisamente este carácter inovador que levou a responsável por esta candidatura a apresentar o projeto no Encontro "Práticas de formação na Administração Pública: fazer mais e melhor com menos"[1], promovido pelo INA – Direção-Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas – que decorreu nos dias 21 e 22 de Junho de 2012.

Este encontro visou dar a conhecer o que de bom se está a fazer na administração pública na área da formação, para além de ter permitido às organizações divulgarem o trabalho que têm vindo a desenvolver para a qualificação dos seus trabalhadores – cfr. anexos 2 e 3.

O evento constituiu uma oportunidade para refletir e aprender sobre a nossa capacidade de fazer mais e melhor com menos, mantendo uma oferta de qualidade e, sempre que possível, inovadora, bem como para dinamizar parcerias.


Nota da Assessoria de Imprensa do Município de Vila Verde

Como chegar a Vila Verde?