Bullire foi à descoberta de Terras da Nóbrega

A associação vilaverdense Bullire promoveu, no passado Domingo (17 de Novembro), uma visita cultural que permitiu (re)descobrir as géneses das gentes de Aboim da Nóbrega, uma freguesia em que os traços da história se recusam desaparecer e permanecem perpetuados na memória popular através das lendas, dos monumentos, das casas particulares e da própria paisagem verdejante que cria uma envolvência de rara beleza.

DR

O dia soalheiro foi desde logo um bom prenúncio para as duas dezenas de participantes que decidiram participar na iniciativa ‘Bullire Por Terras da Nóbrega’. Numa tarde de Outono, os raios de sol reluziam nos tapetes de folhas que cobriam o chão, dando um colorido especial a uma paisagem por si só deslumbrante. 

Assim se deu o mote para um périplo pelos mais emblemáticos locais da Nóbrega, que incluiu a passagem pela Casa da Pequenina, Capela de S. Sebastião e pela Igreja Matriz e, ainda, pelo Lar Custódia Pereira onde se encontram reunidos os Lenços de Namorados de Aboim.

A participação na actividade foi totalmente gratuita e o convite aberto a toda a população, como, aliás, já vem sendo hábito nos eventos promovidos pela Bullire. Os participantes tiveram direito a uma visita guiada que terminou com um concerto no salão paroquial.

O espectáculo musical foi protagonizado pelo grupo vilaverdense Tukanos, que revelaram várias facetas musicais ao iniciarem a actuação com temas populares, que transportaram os presentes para a tradição rural minhota. Na segunda parte da performance, os participantes ‘viajaram’ até aos mais recônditos locais do planeta com melodias do mundo que bebem muito do que de melhor tem o folclore russo e mexicano, por exemplo.

A Bullire agradece o apoio do padre Feliciano (da paróquia local), da Junta de Freguesia, da associação ACRMAN e do portal de Aboim da Nóbrega.

Com a série de iniciativas «Bullire Por Terras de …» a associação pretende continuar a realizar actividades descentralizadas que permitam descobrir e divulgar o património cultural de todo o concelho, périplo que terá continuidade em 2014.

Fotos Bullire


Nota de imprensa Bullire