Happy End para o espaço Namorar Portugal


Um 'Happy End' e 'Até breve'!

O espaço Namorar Portugal, que abriu temporariamente para tornar-se o 'coração' da quinta programação Fevereiro, Mês do Romance, encerrou hoje, com alegria e nostalgia no ar. Aos promotores que se juntaram à "família Namorar Portugal" o presidente do Município de Vila Verde, António Vilela, "agradeceu a dedicação e criatividade dedicados a um ícone que parece das azo a uma inspiração sem fim".

R. Stivali, Footnote, Chocolate com Pimenta, Bicho Bravo, Mi-linha, DecorVerde, Pó de Arroz, Zaira Costa Ilustrações, Marta Chambel e Aliança Artesanal, compõem a atual 'família Namorar Portugal' com produtos que já estão (quase) todos disponíveis na loja on-line...

... a loja online, assim como o site namorarportugal.pt, são dois dos marcos assinalados este ano na posição de credibilidade que a marca territorial de Vila Verde assume, desde Fevereiro, no mercado. Agora, qualquer produto Namorar Portugal está acessível em todo o mundo, para visualização e compra, à distância de um clique! Sapatos, bolsas, cadeiras de praia, bombons, sabonetes, material de papelaria, jogos didáticos, mobiliário pintado à mão, cartas de amor e receitas de amor e de amizade bordados, bonecas, histórias infantis reinventadas, acessórios de moda e os próprios Lenços de Namorados estão disponíveis num único espaço online, o que dá ao projeto uma dimensão jamais alacançada, atingindo a maturidade do conceito.

Namorar Portugal apresenta-se, por isso, cada vez mais como a 'bandeira' turística de Vila Verde, e 'epicentro' da estratégica turística do Município, a par de outros eventos organizados ao longo do ano, sobre os quais assenta a atratividade mediática e chamariz turístico do concelho.

Servem eles para atrair turistas a descobrirem os verdadeiros tesouros do território - Gastronomia, Paisagens, Gentes, Património, Tradições, ... outros predicados irrepetíveis que o viva! vai tentar mostrar-lhe, da nossa muito particular perspetiva, convidando-o a descobri-los, à sua maneira. Aceita o desafio?