Novo estimulo para jovens em Vila Verde: Cartão Jovem Municipal 'Namorar Portugal'

O novo Cartão Jovem Municipal Namorar Portugal foi esta manhã apresentado na Câmara Municipal de Vila Verde, sessão marcada pela assinatura de um acordo de colaboração entre o Município de Vila Verde e a Movijovem. Algo em comum move as duas entidades: a criação de emprego jovem e o fomento do empreendedorismo.


Foto: Flávia Peixoto para Namorar Portugal
A sessão de apresentação do novo documento temático, dedicado aos jovens vilaverdenses, contou com uma plateia composta por estudantes vindos da Escola Profissional Amar Terra Verde, no Dia Nacional do Estudante.

Esta data não foi escolhida ao acaso e o Município de Vila Verde ‘adiou’ em um mês a apresentação do documento, anteriormente agendado para a última semana de ‘Fevereiro, Mês do Romance’, com o intuito de tornar ainda mais simbólico o dia em que chega a Vila Verde, o Cartão Jovem Municipal Namorar Portugal.

“Este ato mostra a política amiga da juventude abraçada por este executivo. As oportunidades deste documento começam na fase do ensino escolar e acompanham os jovens até ao começo do desenvolvimento da sua atividade profissional”, referiu o presidente do Município, António Vilela.
O edil salientou o investimento feito “na educação e na qualificação: mais de 35 por cento do orçamento municipal, canalizado, por exemplo, na requalificação de equipamentos de ensino para outras aplicações na qualificação da nossa população ativa”.

Para António Vilela, o apoio aos jovens é fundamental, nomeadamente “no ensino profissional, e Vila Verde tem uma das melhores instituições nacionais, a EPATV”, assim como no arranque de investimentos, fruto do empreendedorismo, lembrando a incubadora de empresas sita em Soutelo: “o Instituto Empresarial do Minho, se não foi a primeira, foi uma das primeiras incubadoras de empresas de âmbito tecnológico, em Portugal, e já lançou no mercado inúmeras empresas que se têm fixado neste território”.

O presidente do atual executivo municipal de Vila Verde exultou a plateia de jovens a seguir as oportunidades geradas no concelho: “O objetivo maior é gerar empregos no nosso território e fomentar o empreendedorismo. Acreditamos que este novo Cartão Jovem, especificamente destinado a vocês permite isso”. António Vilela deixou ainda o conselho: “Nunca desistir! Num mundo competitivo como este, os que forem mais persistentes e apostarem na qualificação são os que terão mais oportunidades”, garante.

A mesma mensagem foi partilhada por Ricardo Araújo, presidente da Movijovem, uma entidade que soma parceiros quase diariamente: “Temos conseguido aumentar, no nosso país, o interesse pela utilização deste cartão”.

O presidente da entidade que gere este documento, com a designação europeia de ‘European Youth Card’ revelou igualmente defender a causa de combate aos números do desemprego que afeta particularmente os jovens, mostrando novos caminhos: “Atualmente há programas criados em específico para defender e motivar os jovens a entrar no mercado de trabalho, como o ‘Garantia Jovem’, que promove a empregabilidade jovem e que está a ser implementado e divulgado por várias entidades estatais”.

Ricardo Araújo assegura: “Emprego e empreendedorismo são a nossa prioridade e acreditamos que o Cartão Jovem contribui sobremaneira para combater a precariedade atual que vocês encontram, através de um mundo de oportunidades, com acordos e benefícios que podem significar o arranque de um investimento ou negócio”.

Agradecendo a forma a recetividade do Município de Vila Verde, o presidente da Movijovem elogiou ainda “a dinâmica muito particular de Vila Verde dedicada aos jovens”.

O bom entendimento foi materializado na assinatura de um acordo de colaboração.



Parceiros e Serviços de Vila Verde, com desconto Cartão Jovem


Já são vários os parceiros e serviços de Vila verde que apresentam condições especiais para os jovens residentes no concelho desfrutarem do novo cartão jovem. Júlia Fernandes, vereadora da Educação, Cultura e Ação Social do Município citou todos, começando pelos que já faziam parte do ‘clube’ e dando as boas-vindas aos novos aderentes.

Os que já integravam o Cartão Jovem: Agência Docauto, Estúdios Lima, FotoFelicidade, Casa Gomes, Felicidade Noivas, Galerias Forte, 5 à Sec, Óptica Dias, Lusitânia Sapatarias, Vila Verde em Flor, Multiópticas, Centro Óptico Ibérico, Vilmoda, Esteticista Xana, DecorVerde, Agência de Viagens Atlas, Órbita – Viagens e Turismo, Cabeleireiro Paula Magalhães, Centro de Cabeleireiro e Estética Filomena Oliveira.

Os empreendimentos e restaurantes que também já eram aderentes: Azenhas do Rio Homem, Casa da Nóbrega, Casa de Fundevila, Casa do Faial, Casa do Saramago, Quinta da Ramalha, Quinta de Resela, Quinta de Sara, Quinta de Cachopães, Quinta de São Bento do Prado, Quinta dos Carvalhais, Quinta do Sobreiro, Casa de Sequeirô, Hotel Bom Sucesso, Hotel Vila Luena, Leirinhas de Mondim, Restaurante Vila Luena, Restaurante Torres, Restaurante Manjar do Mar, Restaurante do Alívio.

Ao novo Cartão Jovem Municipal juntam-se agora também as infraestruturas e equipamentos geridos pelo Município como o Complexo Lazer Vila Verde, Piscina Municipal de Prado, Complexos Desportivos Municipais, todas as atividades de carácter desportivo, cultural ou outras promovidas pela autarquia, publicações do município, acesso a viagens ou passeios promovidos pela autarquia, por exemplo, no âmbito das geminações. Na prestação de serviços municipais, a Câmara apresenta a isenção no pagamento das taxas relativas a licenças de construção, reconstrução, ampliação, alteração, conservação e urbanização.

Juntam-se a estes, os promotores específicos da marca Namorar Portugal: Marta Chambel, com os acessórios de moda, Chocolate com Pimenta, com os chocolates, Aliança Artesanal, com os Lenços de Namorados, R.Stivali, com os sapatos, Milinha, com o mobiliário e peças em madeira, Marco Cruz Joalheiro, com joias e a DecorVerde com as cartas de amor bordadas.

Números do Cartão jovem


“Cinco milhões de jovens em toda a europa, 150 mil em Portugal desfrutam de cerca de 70 mil vantagens em 38 países, 7.500 delas em Portuga proporcionadas por mais de quatro mil entidades parceiras”, são os números apresentados por Ricardo Araújo, presidente da Movijovem.

O Cartão Jovem destina-se a todos os que tenham entre 12 e 29 anos e adesão tem um valor de 10 euros (excecionalmente, cinco euros em Vila verde), válido por um ano.

O Cartão Jovem Municipal Namorar Portugal pode ser requisitado a partir de quarta-feira, 26 de março, nos serviços de atendimento da Câmara Municipal. O Município garante 50 por cento do desconto na adesão, ou seja, cinco euros em vez de 10 euros.

Esta iniciativa integra o projeto ‘Centro de Dinamização Artesanal- Aliança Artesanal’, aprovado pelo EEC Provere Minho IN, do Programa Operacional Regional do Norte (ON2), Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, com um investimento de 663.028,80 e comparticipado a 80 por cento.

Como chegar a Vila Verde?