Vila de Prado, a nova capital mundial da canoagem

Vila Verde vai receber as maiores competições mundiais dedicadas à maratona em canoagem: a Taça do Mundo de Maratona em Canoagem, em 2016 e o Campeonato Mundial de Maratona, em 2018. A decisão foi esta manhã comunicada.



A Praia Fluvial do Faial, em Vila de Prado vai ser o palco de ambas as competições, sendo o Clube Naútico de Prado um dos organizadores junto com as Federações Portuguesa e Internacional da modalidade.

São fantásticas notícias para as atividades Turística, Económica e Desportiva do concelho, para os próximos anos!



Nota da Assessoria de Imprensa do Município de Vila Verde:


Praia Fluvial do Faial – capital Mundial da Canoagem
Vila de Prado/VILA VERDE vai acolher Taça do Mundo de Maratona em Canoagem 2016 e Campeonato do Mundo de Maratona 2018 
Anúncio oficial feito esta manhã, na Suíça -

A Vila de Prado vai ser a «capital mundial da Canoagem» em 2016 e 2018. A Federação Internacional de Canoagem (ICF) acaba de proceder à atribuição oficial ao município de Vila Verde e à Federação Portuguesa de Canoagem da co-organização de duas das mais importantes provas mundiais de canoagem, a Taça do Mundo de Maratona 2016 e aquela que é a prova “rainha” da canoagem mundial, o Campeonato do Mundo de Maratona 2018. As duas candidaturas foram apresentadas pelo município de Vila Verde à co-organização das duas competições e foram aprovadas esta manhã, durante a Reunião Ordinária da Federação Internacional de Canoagem (Internacional Canoe Federation), que decorre na Suíça.

«É com imenso orgulho e satisfação que vemos a Vila de Prado e o Concelho de Vila Verde surgirem destacados no plano internacional, com referências à qualidade dos equipamentos e à capacidade organizativa, como ficou amplamente comprovado no Europeu de Maratona em Canoagem 2013». É desta forma que o Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, reage – a partir da Suíça – à atribuição da organização das duas competições. O edil vilaverdense, que se faz acompanhar do Vereador do Desporto, Dr. Patrício Araújo, diz que «o Município de Vila Verde e o Clube Náutico de Prado, suportados pela vontade de outros organismos locais e a determinação da Federação Portuguesa de Canoagem, soube sempre estar à altura dos desafios colocados. A Vila de Prado torna-se, assim, a cada dia que passa, uma referência incontornável da competição. Ganha a vila de Prado, ganha Vila Verde e ganha Portugal».
As duas candidaturas simultâneas à organização da Taça do Mundo de Maratona 2016 e do Campeonato do Mundo de Maratona 2018 estão a ser preparadas desde há já algum tempo, logo após o anúncio público por parte do Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, em pleno Europeu 2013, da intenção de acolher uma prova mundial na Vila de Prado.

«O Europeu 2013 deu-nos conhecimentos importantes, para além de termos conseguido estar acima das expectativas criadas, quer ao nível organizativo, quer ao nível da qualidade das infra-estruturas», sustenta. Verifica, contudo, que «ainda há muito trabalho a fazer, pois as exigências de um mundial são maiores, mas saberemos responder à altura dos desafios que nos colocam, mais uma vez com espírito positivo, construtivo e de união entre todos os parceiros. Queremos que a Vila de Prado se torne a maior referência nacional no plano internacional em provas de alto rendimento desportivo. Vamos unir esforços e responder afirmativamente».


Suíça, 30 de Março de 2014
Assessoria de Imprensa

Foto: Assessoria Imprensa CMVV